Moradores terão acesso a 80 serviços gratuitos, como atendimento médico e odontológico, consultoria jurídica, emissão de documentos, cursos, capacitação técnica e profissionalizante; além de eventos.

O Governo do Estado entrega para a comunidade do bairro do Benguí, em Belém, na próxima quarta-feira (04), a quarta unidade da Usina da Paz, complexo comunitário integrado ao programa estadual Territórios Pela Paz (TerPaz). A primeira delas foi a UsiPaz Icuí-Guajará, em Ananindeua, a segunda, a UsiPaz Cabanagem, em Belém, e a última em Marituba, na região metropolitana.

No Benguí, o complexo foi construído em um terreno de 12.087 m² de área total, localizado na Estrada do Benguí, ao lado do pátio de retenção do Detran. Esse inovador aparelho público já realizou 187.628 atendimentos, desde a primeira implantação em outubro de 2021, tendo como principal objetivo a busca do fortalecimento local no bairro, resgate da cidadania e a redução da violência por meio da transformação social.

"Estamos na reta final para entregar mais uma unidade das Usinas da Paz, agora no território do Benguí. Temos as melhores expectativas e vamos levar aos moradores desse bairro os diversos serviços que esses complexos comunitários oferecem à população. Até o momento, já contabilizamos mais de 180 mil atendimentos nas três UsiPaz existentes, na Cabanagem, no Icuí-Guajará e na Nova União. Esses números são o resultado de demandas reprimidas que os moradores enfrentaram no passado”, informou Ricardo Balestreri, secretário de Articulação da Cidadania (Seac), órgão responsável por coordenar o projeto.

Segundo Balestreri, a população que mora no entorno das UsiPaz já em funcionamento está vivendo um novo tempo. “Hoje, temos uma realidade bem diferente daquela vivenciada por esses moradores vizinhos das Usinas da Paz, que agora contam com inúmeras oportunidades de formação profissional, empreendedorismo, qualificação e opções de cultura, esporte e lazer", concluiu. 

Oportunidades 

Assim como nas outras unidades, serão ofertados mais de 80 serviços gratuitos à população, como atendimento médico e odontológico, consultoria jurídica, emissão de documentos, cursos, capacitação técnica e profissionalizante; além de eventos e encontros da comunidade.

Quem mora no bairro aguarda com ansiedade a entrega deste equipamento público. “A gente está bem eufórico porque é um momento que estamos esperando há muito tempo. É a realização de um sonho. Ter essa área construída, sinalizada, com tudo que a gente possa imaginar, será muito útil pra gente, no dia a dia. Principalmente para nossas crianças, que vão poder fazer as atividades com mais segurança. Eu converso com os moradores e estão todos ansiosos”, disse a líder comunitária e advogada, Cileny Regina.

Dona Regina Veva é vizinha do complexo, mora ao lado da Usina da Paz e acredita na transformação que o projeto vai trazer aos moradores. “Eu moro no Benguí há 37 anos e vejo que a chegada da Usina da Paz representa muitas coisas boas pra nossa comunidade. Eu mesma pretendo fazer dança, natação, quero tirar minha identidade”.

Parceria
As obras da UsiPaz Benguí geraram 130 postos de trabalho e foram realizadas pela mineradora Vale e executadas por empresas paraenses, por meio de um termo de cooperação com o Estado. As instalações são adaptadas para acesso de pessoas com deficiência.

Modernidade
O projeto desenvolvido pela arquiteta Bel Lobo se adapta às características climáticas da região amazônica, como chuvas durante todo o ano e altas temperaturas. NesSe sentido, as áreas de circulação dentro dos prédios da Usina e da Assistência contam com iluminação e ventilação natural. As instalações são adaptadas para acesso de pessoas com deficiência.

Pensado dentro de conceito de sustentabilidade, a usina dispõe de estações de tratamento de esgoto e, dentro da política de neutralização das emissões de carbono geradas durante a fase de construção, a Vale efetuou o plantio de 308 mudas na unidade.

O prédio da Assistência tem um total de 24 salas, já o prédio da Usina conta com 27 salas. Esses ambientes são climatizados com sistema VRF moderno, que promove intensa renovação do ar.

Estrutura

A unidade conta com uma quadra poliesportiva coberta; um complexo de dojô, piscina, quadra de areia, salas de audiovisual e inclusão digital; atendimento médico e odontológico; consultoria jurídica; emissão de documentos; ações de segurança. E, ainda, ambientes para capacitação técnica e profissionalizante; espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade. Também haverá espaços para cursos livres e de dança, teatro, robótica, artes marciais, musicalização e biblioteca.

Serviço: A UsiPaz  Benguí vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 08 às 22h; aos sábados, de 08 às 14h; e aos domingos, de 8h às 18h, funcionará de acordo com as demandas da comunidade e/ou das Secretarias e Fundações para a realização de eventos.

Por Paulo Garcia (SEAC)