Complexo multifuncional beneficia moradores com ações de educação, lazer, esporte e serviços

Agora os moradores do bairro do Bengui, em Belém, contam com uma unidade deste projeto inovador chamado Usina da Paz, um complexo comunitário integrado ao programa estadual Territórios Pela Paz (TerPaz), do Governo do Estado. O equipamento público foi entregue, nesta manhã (04), pelo governador do Estado, Helder Barbalho.

  

 

“Este é um projeto de transformação social, onde nós reduzimos a criminalidade a partir da presença dos órgãos de segurança, cidadania, educação, saúde, além de empreendedorismo e de geração de oportunidades”, enfatizou o governador. 

 


 

O chefe do Executivo estadual observou que o bairro do Bengui, após ser integrado ao programa TerPaz, teve uma redução significativa da criminalidade. “Desde 2019, o Bengui passou a compor os Territórios pela Paz e, a partir do programa, a redução da criminalidade foi absolutamente estratégico. Para se ter uma ideia, nos primeiros cinco meses de 2018, o bairro teve 22 assassinatos. Agora, nos primeiros cinco meses de 2022 não há nenhum registro de assassinato neste bairro. Uma demonstração clara de que este programa muda a realidade desta comunidade. Agora, além da presença dos serviços, é fundamental o equipamento público multifuncional para que seja um local de encontro, os serviços sendo ofertados e beneficiando e transformando esta comunidade”, afirmou ele.

A cerimônia de entrega foi acompanhada também pela primeira-dama do Estado, Daniela Barbalho; o senador, Jader Barbalho; a deputada federal, Elcione Barbalho; o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues; vereadores da capital paraenses por demais autoridades públicas estaduais e municipais.

 


 

Esta é a quarta unidade da Usina da Paz. As outras três funcionam na Cabanagem, em Belém, no Icuí-Guajará, em Ananindeua, e em Nova União, em Marituba.

No Bengui, o complexo foi construído em um terreno de 12.087 m² de área total, na Estrada do Bengui, ao lado do pátio de retenção do Detran. As UsiPaz, no bairros citados, acima, já realizaram 187.628 atendimentos, desde a implantação em outubro de 2021, com o principal objetivo de fortalecer os laços comunitários e contribuir para o resgate da cidadania e da redução da violência por meio da transformação social.
 


 

"Nós estamos agora inaugurando a nossa quarta Usina da Paz. As três existentes já fizeram quase 200 mil atendimentos em menos de quatro meses. Temos uma expectativa muito grande também no número de atendimentos aqui no Bengui. Mais uma vez, vamos oferecer diversos serviços gratuitos para a população. Então, as nossas expectativas é de que esta comunidade do Bengui, que é uma comunidade boa, trabalhadora, honesta, criativa, que ela tenha uma intensa participação na Usina da Paz e assuma o complexo como parte da sua comunidade, da sua casa. É isso que a gente espera”, afirmou Ricardo Balestreri, secretário de Articulação da Cidadania, órgão responsável por coordenar o projeto.

Oportunidades - A diarista Bruna Oliveira, de 27 anos, mora no Bengui desde a infância. Ela estava com os quatro filhos participando do evento. “Isso para mim é um sonho, ter um espaço para trazer meus filhos. Aqui, vamos ter formação, atividades para eles, invés de eles estarem na rua, vão estar em um lugar seguro”, disse a moradora.

O dançarino Márcio Araújo, faz parte do projeto Guerreiras da Praça, e se apresentou na entrega da UsiPaz, nesta quarta-feira. Ele estava feliz pela chegada do novo equipamento público. “Moro no bairro há 40 anos e a chegada da Usina da Paz é muito importante para nossa comunidade porque vai atender todo o Daben (Distrito Administrativo do Bengui), composto por nove bairros, que não tinham esse espaço, agora vamos ter diversas atividades de resgate da cidadania”, reconheceu.

 

 

Assim como nas outras UsiPaz, serão ofertados mais de 80 serviços gratuitos à população, como atendimento médico e odontológico, consultoria jurídica, emissão de documentos, cursos, capacitação técnica e profissionalizante; além de eventos e encontros da comunidade.

As inscrições para cursos e atividades esportivas serão feitas gradualmente e divulgadas nas redes sociais da Usina da Paz. Para realizar a inscrição, o morador precisa ir presencialmente à recepção da UsiPaz, com original e cópia dos documentos como RG, CPF e comprovante de residência.
 

Parceria - As obras da UsiPaz Bengui geraram 130 postos de trabalho e foram realizadas pela mineradora Vale e executadas por empresas paraenses, por meio de um termo de cooperação com o Estado. As instalações são adaptadas para acesso de pessoas com deficiência (PcDs).

“A Vale tem muito orgulho de ser parceira do Governo do Pará neste projeto, fortalecendo a política de segurança pública e bem-estar social. Já entregamos três unidades na região metropolitana de Belém, ajudando a construir um futuro melhor para os paraenses”, informou o diretor de relações institucionais da Vale, Luiz Santiago.

Modernidade - O projeto desenvolvido pela arquiteta Bel Lobo se adapta às características climáticas da região amazônica, com chuvas durante todo o ano e altas temperaturas. Neste sentido, as áreas de circulação dentro dos prédios da Usina e da Assistência contam com iluminação e ventilação natural.

Com foco no conceito de sustentabilidade, a usina dispõe de estações de tratamento de esgoto e, dentro da política de neutralização das emissões de carbono geradas durante a fase de construção, a Vale efetuou o plantio de 308 mudas na unidade.

O prédio da Assistência tem um total de 24 salas, já o prédio da Usina conta com 27 salas. Esses ambientes são climatizados com sistema VRF moderno, que promove intensa renovação do ar.

Estrutura - A unidade conta com uma quadra poliesportiva coberta; um campo de futebol com gramado, um complexo de dojô, piscina, quadra de areia, salas de audiovisual e inclusão digital; atendimento médico e odontológico; consultoria jurídica; emissão de documentos; ações de segurança. E, ainda, ambientes para capacitação técnica e profissionalizante; espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade. Também haverá espaços para cursos livres e de dança, teatro, robótica, artes marciais, musicalização e biblioteca.

O governador Helder Barbalho informou que serão entregues mais cinco UsiPaz ainda este ano. “Nos próximos meses vamos entregar a Usina da Paz da Terra Firme, do Guamá e do Jurunas. Teremos também ainda no final do mês de maio, a Usina da Paz da cidade de Parauapebas, e em junho, na cidade de Canaã dos Carajás, avançamos na entrega de benefícios para esta experiência que certamente temos que nos orgulhar. É a maior e mais importante experiência de transformação social de todo nosso País e que possa se espalhar por todas as regiões e por todas as cidades do Pará”, enfatizou.

Serviço -  A UsiPaz Bengui vai funcionar de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 22h; aos sábados, de 8h às 14h; e aos domingos, de 8h às 18h, funcionará de acordo com as demandas da comunidade e das secretarias e fundações para a realização de eventos.

Por Paulo Garcia (SEAC)